Blah-Blah com Vanessa Costa - Cabelo tipo 3C

18:33

Imagine passar a infância achando que ter cabelo enrolado é bonito, mas não conseguir aceitar o seu próprio cabelo? Agora se imagine crescer, ter uma boneca totalmente cacheada, morrer de orgulho de sua obra-prima, mas ver seus antigos fantasmas ressurgirem. Essa é a história da Vanessa Costa, uma supermãe que se reencontrou através de seu melhor pedacinho: sua filha. Ela decidiu compartilhar conosco sua história 1 semana após seu big chop.  
1.Conte um pouco sobre você e como é a aceitação onde mora.

Bom vamos lá... Sou Vanessa, 28 anos até 08/09(risos), Negra, virginiana, apaixonada por música,ex-bailarina, mãe, esposa e por ora administradora do meu lar. Nunca fui muito fã do meu cabelo, primeiro por ter uma mãe com cabelo liso, depois por ficar até os 5 anos de idade só com o cabelo preso. Quando completei 6 anos minha mãe decidiu cortar meu cabelo curto,estilo joãozinho. Não sei  te dizer o que era pior, ter o cabelo preso a todo momento ou ouvir piadinhas do tipo "Os Jacksons não morreram!!!" Quando completei 11 anos resolvi por minha conta e risco cuidar do meu cabelo sozinha e deixar ele crescer. E assim eu fiz. Aos 13 resolvi mudar a cor pra ver se conseguia manter o cabelo solto e  natural como ele realmente era. Na época tinha uma musa inspiradora (Melanie Janine Brown - Mel B das Spice Girls). Além de ser super fã sempre via muita ATITUDE nos cabelos dela.Estava determinada a seguir seus passos (ou cabelos), mas... Eis que a chapinha de fogão me foi apresentada. Às vezes minha mãe deixava os meus cabelos lisinhos e eu achava o máximo, mas no dia seguinte eu já os lavava.Aos 14 anos fiz o primeiro relaxamento pra conseguir usar o cabelo solto porque estava cansada de ouvir de todos "Você  não vai prender essa juba?"
Mel B, a inspiração de Vanessa na infância

2. Há quanto tempo seu cabelo é natural?


Estou sem qualquer tipo de química desde o mês de Março. Meu BC(big chop) é hiper recente, fiz dia 10/08.
3. O que te motivou a parar de alisar os cabelos? Como foi essa jornada? Quais estratégias ou penteados te ajudaram durante a transição?


Durantes uns 5 anos fiquei sem nenhum tipo de química no cabelo mas continuava com ele preso SEMPRE!!! Cabelo super natural mas... PRESO!!!Aos 20 anos o Senhor me agraciou com.a maternidade e nesse período esqueci que tinha cabelo... Quando minha princesa fez 2 aninhos fiz uma "escova marroquina". Meu cabelo ficou super brilhoso e hidratado, mas ter que ficar usando secador e chapinha não era muito bacana.Aí, não fiz mais. Sempre fui muito tranquila em relação a mudar meu cabelo, quando me dá uns 5 minutos eu mudo:o corte, a cor... Então no ano passado decidi q eu queria um corte de cabelo igual ao da Rihanna. Fiz a progressiva e cortei suuuuper curto. Aí sim fiquei escrava do secador e cia ltda.Um belo dia minha princesa de 6 aninhos chegou do colégio chorando e disse "Mamãe, será que vc pode me emprestar aquela maquininha do papai de cortar o cabelo?". Fiquei chocada, quis saber o porquê e ela me explicou que queria raspar o cabelo porque os colegas da escola diziam que o cabelo dela era um "fuá",uma juba de leão, que ela nunca poderia ter uma franjinha porque o cabelo dela é ruim e feio. Ah Polly, aquilo acabou comigo. Foram muitas semanas conversando com a Julia, explicando que somos o melhor e o mais lindo de Deus. Mas isso soava tão hipócrita, tão mentiroso. Como eu poderia plantar a autoaceitação na minha filha se eu nunca me aceitei. Então no dia 10 de março de 2013 tomei a tão difícil decisão. Não tive muito tempo para estratégias sabe, fui hidratando meu cabelo e usando o nosso amado coque. O período de transição foi simples, quando percebi que o cabelo que estava nascendo estava realmente cacheado, aquilo foi meu maior incentivo. Então,um belo dia.estava procurando na  net dicas de como cuidar  do cabelo em transição e encontrei você,minha diva. Entrei no blog, depois no Youtube e aqui estamos nós!
Na época em que tinha cachos tímidos
Seu corte à la Rihanna
A boneca que motivou toda essa revolução
4. Como foi a aceitação de seus amigos e família?


Então, Deus me abençoou de muitas maneiras grandiosas e uma delas foi me dando o marido mais AMIGO DESSE UNIVERSO! A reação das pessoas pós BC foi surpreendente. Todos amaram a mudança e disseram que fiquei mais nova, mais bonita, dizem que o cabelo cacheado é mais a minha cara.
Bem-vinda ao time, Vanessa!
5. Como você cuida dos seus cabelos atualmente?


Tô apanhando um pouquinho pra acertar a finalização do meu cabelo, mas vamos ao produtos: shampoo- Tressemé para cabelos cacheados, condicionador-hidratação reparadora Natura, para pentear  e mascara de hidratação uso um creme da Barrominas e um reparador antifrizz para cabelos crespos da AVON. Lavo os cabelos dia sim dia não e hidrato uma vez por semana. Confesso que estou.me esforçando para cuidar dos meus cachos porque sinceramente não sei cuidar do meu novo cabelo.


6. Como você descreve a textura do seu cabelo?
Acredito ser um 3C
7. Você acredita que o cabelo afro diz algo a respeito de sua identidade?

Estou aprendendo a enfrentar um fantasma que me assombra há muitos anos : o espelho. Nunca gostei do que vejo, mas agora estou ficando de bem com ele. Não procuro mais o que eu acho que é feio , procuro ver o que está bom. Até batom vermelho que nunca passei eu usei e gostei!
Estou aprendendo a quebrar todo o complexo de inferioridade que carreguei por tanto tempo. Essa sou eu, preciso me amar. E outra, tenho uma PRINCESA LINDA em casa tenho que ser exemplo e inspiração. quem sabe?
Vanessa JÁ é inspiração da filhota!

8. Alguma dica ou mensagem para nossos leitores?

Ame a vc. Ame seu corpo. Ame seu cabelo. Seja você mesma,SEMPRE!!! Faça o que te faz FELIZ!!!
Now Playing: India Arie - Video

You Might Also Like

9 comentários

  1. Linda história de aceitação. Lindas mãe e filha!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindas, né?Me emocionei muito com a história delas.

      Excluir
  2. Vanessa vc está linda, eu tenho fotos com o cabelo curtinho igual ao seu, to a sua cara!! vc parac que está com 18 anos que carinha de novinha!!! a musa Mor Polly é que nos inspira a ter os cachos e logo mais vc estará com o cabelão lindão!!! sua filha é uma graça!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani!!!! Carinha de 18??? Uauuuuuu... Muuuuuuito obrigada...Q legal saber q nos parecemos. Realmente a Polly foi e é uma benção na minha vida, amo essa pessoinha q nem conheço... Um bju Dani e obrigado pelo apoio!!

      Excluir
    2. Ouhnn Dani e Vanessa... Vocês são uns amores.

      Excluir
  3. Linda história! Mãe e filha seguindo cacheada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crespo é lindoooo. Ensinemos, esses pequeninhos :D

      Excluir
  4. lindissima historiia , parabens Vanessa, continue nesta batalha por vc e sua princesa !

    ResponderExcluir

recent posts

Like us on Facebook

Popular Posts