Vamos falar de transição - dicas, motivação e minha hitstória

20:08

Esse post significa muito para mim, muito mesmo. Essa é a história de como me descobri como mulher adulta a ser feliz sendo eu mesma.

Muitas pessoas me pedem dicas para criarem coragem para largar a "química" e eu respondo tudo com o maior prazer porque sei o quanto essa mudança impactou minha vida (longa vida de 25 anos). Dos 9 aos 23 anos de idade tive os cabelos alisados com TCB, hidróxido, guanidina... Como a maioria das mulheres que passaram por isso, a rotina incluía química a cada 2 meses, escovinha toda semana, guarda-chuva dentro da bolsa todos os dias e academia era minha arqui-inimiga. 
Só para termos um ponto de partida, essa sou eu com os cabelos alisados.

Assim fiquei na época da transição 

E assim estou agora.

Por voto unanime da minha autoestima, alma e coração, estou muito mais feliz agora do que nunca!

Fiz um vídeo contando toda minha história, com fotos e explicações. O post é só uma complementação do que foi dito. Lá falo de canais que me ajudaram, pessoas, dicas e ansiedades.  





Canais do Youtube

Eu sou viciada em videos do YouTube para tudo! Cozinhar, me maquiar, criar, saber sobre assuntos polêmicos e claro, cabelo. Durante a transição eu vivia de coque, cabelo texturizado e difusor. Confesso que na época eu não conhecia canal algum em português, ou seja, as American Girls, eram meu socorro! Segue abaixo os canais usados na época e atuais em português.

Alodia80 - Ela era minha bíblia, minha "Jesuisa". O penteado abaixo faço até hoje, mas sem fazer os coquinhos antes.



Esses coquinhos, ah esses coquinhos. Minha eterna salvação!


Taren Guy - Eu a via e pensava, "um dia eu chego "lá".

Pessoas que me apoiaram

Tia Noemia - Ela me fazia lembrar diariamente que quando criança eu tinha o cabelo mais lindo de viver. A entrevista sobre a história dela também encontramos AQUI.

Namorado/Noivo/Atual Marido - Anderson fazia questão de expressar sua ansiedade em ver como eu ficaria após a transição. Detalhe, ele já me conheceu com 4 meses de transição e NÃO me largou (risos)! Me amou, me apoiou e me incentivou dizendo que eu precisava me conhecer na forma mais íntegra. 

Amigas - Juliana Xavier se empolgou tanto que entrou na transição junto comigo! Se era pra chorar, tinha o ombro dela pra encostar e vice-versa. No dia em que foi pra cortar o cabelo, ela foi a primeira a me ver sem ser a família. Tenho certeza que ela pensou " Jesus, será que ela vai aguentar?", mas ficou caladinha e me parabenizou. Outras também me apoiavam, diziam que eu estava sabendo lidar bem com a situação etc. CLARO, que eu tinha 90% da família e colegas que diziam "Alise já!" .

Dicas

Queridas, não adianta eu mentir. Transição não é fácil,mas felizmente não é impossível e nem dura pra sempre!
Quando eu falo no vídeo sobre ter paciência é porque é crucial. 
Não se deixem abater pelos empecilhos, eles vão sumir em breve.
Hidratação é sinônimo de transição: não existe a possibilidade disso dar certo sem uma rotina de hidratação,nutrição e reconstrução! No primeiro mês eu fiz coisas mais extremas, como cauterização. Que nada mais é que uma hidratação potente com o auxílio da chapinha. Óbvio que fui no salão, coisas mais sérias exigem profissionais. Então não vá inventar de ir no primeiro "botequim" que aparecer e entregar seus cabelos, hein? Depois dos dois primeiros meses investi em uma boa máscara indicada pela minha tia, Morrocan Oil Hydrating Mask. O preço é salgado? É, mas para mim valeu! Se tiverem outras indicações e seu cabelo amar, vá fundo.


 Ansiedades

Sem brincadeira, eu tinha 3 medos: como seria meu novo cabelo, se eu iria me aceitar e se eu ia saber cuidar.
  • Eu não sabia o que esperar do "novo cabelo" - Eu não sabia se o cabelo ia voltar a ser como antes de todas as 120 sessões de alisamento (assustador esse número!). Eu sequer me lembrava como era o meu cabelo antes.
  • Eu não sabia se eu ia gostar da nova aparência - Eu não vou ser hipócrita ao ponto de dizer " O que viesse eu iria manter.". Eu tinha certeza de que se eu não amasse o novo, eu iria voltar a alisar sem zica.
  • Eu não sabia se ia conseguir cuidar - A única coisa que eu me lembro era quão difícil foi minha infância com a minha mãe, meu pai e tia Ilza tentando desembaraçar meus cabelos (risos altos). Com toda sinceridade, minha consciência me questionava "Você vai saber lidar com a juba?"
O que eu posso dizer é que todas essas ansiedades foram esmagadas dia após dia depois do big chop. Eu amo a textura do meu cabelo, me sinto completa ao olhar no espelho e ninguém melhor do que eu para cuidar da juba mais linda que eu já tive na vida.

Por fim, o que eu quero dizer é seja sem-vergonha mesmo. Dê a cara a tapa. Vá tentar! Se por ventura depois de todo o processo de libertação individual você odiar, aí são outros 500. De todas as mulheres que já conheci que tem o cabelo natural, apenas 2 voltaram a alisar o cabelo e se arrependeram amargamente. Uma já saiu da transição e fez seu 2 big chop e a outra está contando as horas para cortar o restinho de química. Vai por mim, vai dar certo.
Ignorem a falação negativa, diga não a crítica não construtiva, ache seu apoio (mesmo que sejam canais do YouTube ou você mesma!) e se encha de informações.

Now Playing: Andy Grammer - Keep your head up . AMO a letra dessa música!

" This is just a journey
  Drop your worries
  You are gonna turn out fine"

" É apenas uma jornada
   esqueça suas preocupações
   você vai ficar bem"

hh








You Might Also Like

12 comentários

  1. Amei mt as dicas. Só fiquei tensa pq lembrei q meu cabelo nunca teve cachos. :(
    No máximo umas ondulações. Que nossa senhora protetora dos cabelos afros me ajude na decisão. rs
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Musa Inspiradora do Meu Casamento,
      Sabia que por muitos anos eu queria porque queria ter cachos tipo Ana Paula Arósio? CLARO que isso nunca aconteceu nem irá acontecer no meu dia a dia. Mas no dia em que eu quiser mudar a aparência, posso fazer isso temporariamente! Posso fazer babyliss, posso fazer coquinhos para mudar a textura, posso fazer escova etc. O que eu vejo na transição, na verdade, nada mais é que você se amar por inteira na sua essência. Seja com cabelo mega crespo, mega baixo, mega enrolado, "marromeno" cacheado, mega liso ou seja lá como for.
      Vou falar o que minha tia falava para mim " Você é linda! Um rosto desse e um carisma faz você aprender a amar o cabelo e já já se acostuma com o que é seu". EU não te conheço pessoalmente, maaaaaaaas que foi a noiva mais gata e que me fez chorar mesmo sem nem conhecer, foi!
      Enfim, o que precisar, vamos trocando ideias.
      Beijocas!

      Excluir
  2. Muito bom Polliany, amei!
    É bem o que todas nós sentimos mesmo. Depois de tantos alisamentos, escova progressiva, marroquina (essa que acabou de vez com meu cabelo), chapinha e por tanta insistência do meu amor e incentivo da minha mãe eu me encorajei e deixei de alisar. Mas isso só tem 2 meses e como o meu cabelo tá feio demais rs, eu coloquei cabelo curto e cacheado também e paralelo a isso estou hidratando o meu, mas dá um medo, uma ansiedade não sei, de quanto tempo esse processo vai durar, se o cabelo vai ficar bonito de novo. O meu cabelo já estava bem grande, lindo, black mas não sei o que me deu e eu o alisei novamente e pus um mega hair liso abaixo da cintura aff #arrependimento rs. Mas eu chego lá de novo! Obrigada pelas dicas e pela força, um beijo e sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lauhane!
      Menina, você pelo menos já se conheceu adulta e gata de blackão! Já tem 10 pontos a mais de motivação hahahahaha.
      Vai dar tudo certo! Às vezes bate a ansiedade, mas é só ter calma. Já já passa.
      Beijocas!

      Excluir
  3. Ai super amei se blog e já entrei umas cinco vezes rsrs e não me enjooo de ver e ourvir sua história estou a quase um mês de transição e já estou amando meu cabelo mesmo com as partes lisas e outras enrroladinhas dou uma disfarçada com o baby liss e pessoas como você me faz ficar mais forte e decidida a continuar essa fase ^^ estou muito feliz muitos olham com olhar de preconceito por causa do volume do meu cabelo mais estou firme e forte nada vai me abalar e sei que agora estou ganhando meu verdadeiro estilo Aiiiiii não vejo a hora de ter meu black power de volta e não precisar de fazer aquela rotina com a chapinha bjinhooo

    Mafia das empolgadas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ohhh Tainá, fico super feliz em ver seu recadinho. Continue firme e forte na missão que já já vc vai ter seu Volume de volta :D
      Qualquer coisa, grite!
      Vc já está nos acompanhando pela Fan Page? Geralmente consigo responder mais rapidamente por lá ou pelo instagram, tá?
      Beijocas!

      Excluir
  4. humm que bacana amei tudo, e vc é linda estou na faze de transição, sem quimicas a quase 4 meses, meu marido prefere o afro e quer muito que eu não faça mais, tambm quero fase dificil demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flor!
      É ótimo quando temos apoio em casa, isso dá um UP na nossa motivação!
      Basta ter foco que você vai conseguir!!!
      Beijocas!

      Excluir
  5. vc tinha os mesmos medos que tenho hoje,estou passando pela segunda vez pela faze de transição mais dessa vez é de verdade
    www.estilocaprichoo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Força! Qualquer coisa estou aqui!!!
      beijoca!

      Excluir
  6. Gostei muito do vídeo,eu já fiz 4 progressivas e estou pensando em parar pra voltar ao meu cabelo natural,porém,eu queria saber se tem como eu passar pela transição mas continuar passando a chapinha ,parar só na progressiva,e continuar na chapinha pra eu não ter que sair na rua com o meu cabelo em transição,e também quero saber se tem algum jeito de não sofrer tanto com o fator de encolhimento porque sempre gostei de cabelo grande e o meu cabelo enrolado tende a não ficar comprido

    ResponderExcluir
  7. Que delícia encontrar esse apoio online... estou no meu primeiro dia de decisão... (cheia de coquinhos e louca pra amanhecer para ver o resultado.. bjos e Parabéns!

    ResponderExcluir

recent posts

Like us on Facebook

Popular Posts