Blah Blah com Juliana Luna - Cabelo tipo 3B

17:53


Ela é daquelas que não precisa  de apresentação. Você a vê e se sente obrigada a olhar, mas é quando a conhece que tudo fica 1000 vezes mais interessante. 
Eu não a conheço pessoalmente, mas ouço falar dela há 3 anos e nos falamos através de redes sociais. Minha tia Noemia que nos deu a entrevista AQUI já trocava figurinhas com a Juliana através das redes sociais. Ju a encorajava a largar os alisantes e nos apresentou o queridinho Bed Head Small Talk. Parece brincadeira, mas esse produtinho me salvou durante a transição! Olha que mundo cibernético mais fabuloso!
Esse é o produtinho que inspirou o nome desta coluna no blog


Juliana Luna é carioca, tem 27 anos, 1,75 de altura e mil facetas! Morou em diversos países e consequentemente aprendeu suas línguas, pratica yoga e, ah, é linda de viver. Como diz meu pai, " bonita por dentro e por fora."
Atualmente mora em Nova York, é dançarina,fez teatro, modelo como hobby, comanda o projeto social Arise e cria turbantes magníficos. Tudo isso ela faz de corpo e alma. O projeto social surgiu com o intuito de devolver autoestima a mulheres vítimas de violência domésticas através da dança! E os turbantes? Cada um mais lindo que o outro! Vira coroa nas cabeças da mulherada!
Vocês vão perceber ao longo dessa entrevista que a Ju é a determinação em pessoa.Conheça sua história,inspire-se e ame ainda mais os seus próprios cabelos.


1.Como é a aceitação do cabelo afro onde você mora.

A aceitação do meu cabelo onde eu moro hoje em dia é 100%. As pessoas amam meu black. Escuto "I love your hair!" mil vezes por dia. 

2. Há quanto tempo seu cabelo é natural?


Meu cabelo é natural há pelo menos 10 anos (Mas já!?! *_* ). Eu raspei a cabeça quando tinha 16 e desde então fui deixando a minha identidade se firmar mais e mais.
3. O que te motivou a parar de alisar os cabelos? Como foi essa jornada? Quais estratégias ou penteados te ajudaram durante a transição?


O que me motivou foi a minha vozinha interior. Eu tinha um mega cabelão "relaxado", mas nunca tava feliz. Sempre chorava antes de sair de casa pra festas, escola... Tinha que fazer escova, o que deixava a cabeleireira quase aleijada, sem braço e por conta do trabalho, ela cobrava caro! E eu? Só era feliz por 1 semana...Depois que lavava o cabelo, voltava a cisma de que ele era feio e minha autoestima era super baixa por conta de eu odiar tudo isso. Um dia eu estava participando do espetáculo de dança 40 espontâneos com uma coreógrafa Espanhola. Saí do ensaio, decidida. Fui no salão logo ao lado do teatro, e saí de lá de cabeça raspada. Sem drama. Meu cabelo curto era tudooo! Eu amei me libertar da escravidão das 5 horas num salão de beleza pra retocar a raiz e sair com o couro da cabeça ardido. Fora os $$$ que não foram poucos! A cada 2 meses, o que era caro demais pra manter, já que meu cabelo sempre teve um crescimento saudável. Era um pesadelo. Durante a transição eu fazia muita trança Nagô pra acelerar o crescimento e me dava opções quando o cabelo chegava na fase "esquisitinho". 
Juliana na época em que alisava o cabelo


4. Como foi a aceitação de seus amigos e família?


Meus amigos e família achavam que eu tava louca! Escutei muita piadinha de muito playboy na rua...Muita gente se cutucava na costela, virava a cabeça, perguntava se era peruca, fazia careta, me lembrava que barbeiro tem família... Riam e apontavam pra minha cara como se eu fosse atração circense, enfim, foi duro! Mas depois dos primeiros 2 meses...eu nem percebia mais nada! Minha auto estima elevou num grau, eu queria mesmo era chocar a sociedade, só pra ter chance de entrar na polemica e debater!!! A minha irmã mais nova falava que andar comigo era literalmente igual ao Big Brother...Câmeras pra todos os lados!
5. Como você cuida dos seus cabelos atualmente?


Atualmente eu me certifico que ele esteja hidratado. E só. Muita gente me pergunta o que eu faço pra deixar ele do jeito que ele fica...Eu respondo DURMO E ACORDO!(risos) 





6. Como você descreve a textura do seu cabelo?
Meus cachos são 3B, a textura dele é bem macia...Quando hidratado, (risos). Ele é todo especial! 




7. Você acredita que o cabelo afro diz algo a respeito de sua identidade?

Olha por experiencia própria... Eu posso dizer que cabelo afro é identidade. Eu tive que descobrir essa força dentro de mim. Porque eu sabia que tinha algo errado. Eu sabia que eu não tava desenvolvendo meu potencial máximo, por conta de padrões estéticos forjados por uma sociedade que vive numa falsa democracia racial. Tinha aquela vozinha la no fundo que falava pra mim..."mas pera aí, tem alguma coisa errada...Esta não é você!!!".O que eu aprendi através deste processo foi imensurável. Eu aprendi sobre valores. Não públicos,mas individuais. Resgatei uma essência que me pertencia desde o começo, só que por conta de todo esse fator sociocultural que a gente conhece bem, tava roubando a minha arma mais potente como mulher,indivídua e cidadã. A minha autoestima. Pra mim, o pior crime da sociedade é tentar forjar moldes em cada individuo, porque daí é gerada a violência. Do fato de quererem impor ideologias, prisões.
8. Alguma dica ou mensagem para nossos leitores?

Eu por conta desses anos de descoberta fui muito sortuda de ter pessoas que me ensinaram como ser uma pessoa melhor. Minha família Nigeriana que me adotou aqui nos EUA foi um passo crucial na descoberta dos turbantes. Eu sempre amei turbantes, mas achava que era difícil de fazer e vendo a facilidade que Mami tinha de amarrar a cabeça com uns tecidos incríveis que ela tem, resolvi pedir pra ela me ensinar. Agora depois de anos, e minhas amigas me pedindo aulas por Skype, email, facetime...etc...Resolvi criar a marca que se chama CROWNS OF NYANGA (Coroas da Lua). A marca de turbantes feitos a mão por mim e meu mestre Senegales. Nyanga significa LUNA em dialeto Xhosa. O dialeto Africano do meu namorado, que inclusive me confessou que depois que me viu de turbante se apaixonou (risos) Ou seja, até namorado eu arrumei! Tudo porque minha autoestima mudou depois de me assumir como realmente sou.
Vocês podem conferir meus turbante no site www.etsy.com/shop/crownsofnyanga e no Instagram @crowns_of_nyanga


 Tons, cores e muita personalidade


Com coroa na cabeça, sua criação

 Linda e pronto
Now Playing: Saravah Soul - Fire. Combina, não é?


You Might Also Like

13 comentários

  1. De onde tiraram essa mulhee liiinda e maravilhosa?!

    Arrasou!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi Jesuiiis que colocou ela no meu caminho cibernético hihihi

      Excluir
  2. é muito poder, gente! ADOREI! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MUITO! A autoestima de cada mulher precisa ser bem cuidada e afagada por nós mesmas e aí o restante vai chegando direitinho ;)
      Que bom que gostou!

      Excluir
  3. Meu Deus!! Aqui só tem mulher linda!!! Gente choquei com vcs!! Lindas e Viva a Nossa Auto Estima!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viva!
      Obriga pela visita ao blog, Gleice. Esse fim de semana o meu marido está ultra mega atarefado e aí não consegui editar o vídeo que você pediu. Mas ele está feito!
      Beijocas!

      Excluir
  4. Ahh , que linda! adorei o que ela escreveu , é realmente tudo aquilo que eu e muitas por ai sentem ! :D Parabéns pela entrevista !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita :D
      Eu acho incrível como nossas histórias se repetem!
      Beijocas!

      Excluir
  5. Linda demais! O que é esse tal de Bed Head Small Talk ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flor!
      É um estilizador que dá a sensação/aparência de um cabelo mais cheio e de cachos mais definidos.
      Beijocas!

      Excluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Não sabia que esta estrutura de fio era o 3B. Agora realmente não sei dizer qual é o meu pq vejo classificações diferentes em vários blogs!

    ResponderExcluir
  8. Luna,

    poderia me dar seu contato de e-mail? preciso saber onde comprar panos adequados para turbantes.

    Obrigada!

    Verônica Lima

    ResponderExcluir

recent posts

Like us on Facebook

Popular Posts